NOSSA HISTÓRIA

Conheça um pouco mais sobre nossa história.


O INÍCIO DE TUDO

Esta história teve início primeiramente no coração de Deus e concretizou na terra através do inesquecível Pastor Marcos Batista Pereira da Silva, nascido em Salvador, Bahia.

1936

Foi fundada no dia 17 de maio do ano de 1936.

Os registros históricos mostram que o Senhor deu o tempo suficiente ao Pastor Marcos Batista para implantar este marco para a felicidade de todos nós, contribuindo para a mudança das pessoas e da sociedade, pois no dia 28 de fevereiro de 1939, aos 63 anos de idade, Deus o chama para a Glória.

Visão que Deus deu: O nome da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo, se deu através de revelação dada pelo Senhor ao seu fundador, nome este, fundamentado na Bíblia Sagrada, no Evangelho Segundo São Mateus, Capitulo dezesseis, versículo dezoito: “Pois também Eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela”.

Primeiro culto: O início foi com uma pregação ao “ar livre”, debaixo de uma árvore, no Jardim da Luz.

Primeiro templo: Após a conversão de vários irmãos, resolveu-se alugar um salão para acomodar o povo; O primeiro foi na Rua dos Italianos, nº 14, Bairro Bom Retiro, São Paulo, Capital.
O segundo, foi na Rua dos Triunfos, o terceiro na Rua Prates,
o quarto na Rua 25 de Março, o quinto na Rua Rubino de Oliveira, e o sexto já foi o templo próprio na antiga Rua José Pancetti, 190, hoje Rua Urumajó, no Tatuapé.

Com o falecimento do Pastor Marcos Batista foram Presidentes da Igreja os Pastores: Joaquim Camargo, Jovino Almeida de Jesus, Luiz Samaan, José Moreira da Silva, Antônio Caetano, Mario Bernadini, Antônio dos Santos Medeiros, Manoel Zipo Pereira, Orestes Rodrigues,
Eugenio Rocha, Paulo Gabriel, José Candido de Oliveira e Atualmente José Cordeiro de Souza.


BREVE HISTÓRICO DE TODOS OS PRESIDENTES

De 1939 a 1945 os mandatos de ministros gerais, era de apenas um ano, mesmo assim houve alguns ministros que não conseguiram cumprir seus mandatos.


Marcos Batista

1ªGestão

Estado civil: casado
Família: Esposa. Benedita e três filhos
Naturalidade:
Salvador Bahia, Brasileiro
Profissão: Militar
Tempo de gestão: Da Fundação, até 28 de fevereiro de 1939


Joaquim Camargo

2ªGestão

Estado Civil casado
Família:, Não se tem muitas Informações sobre sua família
Nacionalidade. Brasileiro
Profissão: Não temos informações sobre profissão secular, mas consta-se em nossos arquivos que era pastor
Tempo de gestão. Durou pouco sua gestão, menos de um ano, mas contribui muito para a Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.


Jovino Almeida de Jesus

3ªGestão

Família. Pouco-se sabe deste pioneiro da INSJC sobre sua prole familiar
Nacionalidade: Brasileiro
Profissão: consta em nossos arquivos que foi um ministro Geral, e que de forma direta e curta; cooperou para o crescimento do ministério da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Tempo de gestão: Antes de concluir sua gestão, renunciou o cargo, Mas criou o Registro Oficial da nossa Igreja


Luiz Samaan

4ªGestão

Estado civil: Casado
Família: Mosa Cury Samaan e como prole teve oito filhos
Nacionalidade: Turca
Profissão: vendedor ambulante
Tempo de Gestão: Esta informação é o que está baseada na Ata nº 03/01/44, onde diz que 15/04 de 1944 o ministro geral era Luiz Samaan, e em 14 de Junho de 1947 foi reeleito, então tivemos entre as duas gestões, 2 anos e meio.


José Moreira da Silva

5ªGestão

Temos poucos registro sobre sua profissão, mas podemos afirmar que foi Ministro Geral da INSJC, e também exerceu o Ministério pastoral os quais foram elementos
de grande ênfase no crescimento da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Família:
Nacionalidade: Brasileiro
Profissão: Não há dados registrados, mas consta em nossos
arquivos, que foi um Ministro Geral da INSJC, e que também foram tempos importantes para o crescimento da Igreja


Antônio Caetano

6ªGestão

Antônio Caetano
Família: Estado Civil Casado, mas em nossos arquivos não temos muitas informações sobre sua vida familiar.
Nacionalidade: Brasileiro
Profissão: não temos informações precisas sobre o mesmo, mas consta em nossos arquivos que exerceu ministério Pastoral na INSJC.
Tempo de Gestão: Dois anos e quatro meses, final de 1942 até o inicio
de 1945 Ata nº 24 de 19/02/1945.


Mário Bernardini

7ªGestão

Estado Civil: Casado
Nacionalidade: Brasileiro
Profissão: temos poucos registros sobre sua profissão, mas podemos afirmar que foi Ministro Geral da INSJC, e também exerceu o Ministério pastoral os quais foram elementos de grande ênfase no crescimento da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Tempo de gestão: Entregou sua gestão por motivo de força maior no dia 30/03945 e Mario Bernadino assumiu em seu lugar. (Ata nº 23)


Antônio dos Santos Medeiros

8ªGestão

Esposa: Tereza Medeiros
Profissão: Militar (Capitão)
No ano de 1950, foi eleito o Pastor Antonio dos Santos Medeiros, para um período de gestão de 4 anos. A gestão do Pastor Medeiros durou 25 anos e teve grandes evoluções administrativas como: Primeiro Informativo, Organização do Ministério Geral, das Cooperadoras Geral, da Mocidade Geral, do Conjunto Coral, da Escola Bíblica, e implantação do Programa Radiofônico. O Pastor Medeiros faleceu no mês de abril de 1972.


Manoel Zipo Pereira

9ªGestão

Esposa: Corália Alves Pereira;
Filhos: Eunice Pereira, Paulo Pereira, Pércida Pereira de Souza, Sara Pereira Moreira, Marta Pereira Gomes, Lázaro Pereira, e Maria Madalena Pereira dos Santos.
Profissão: Segurança
Era o vice Presidente do Pr. Medeiros, assumiu a Presidência com o falecimento do Titular, e permaneceu na Presidência por um período aproximadamente de um ano.


Orestes Rodrigues

10ªGestão

Esposa: Marlene Calvo Rodrigues
Filhos: Mara Calvo Rodrigues, Magda Calvo Rodrigues, Marcos Calvo Rodrigues, e Gislaine Calvo Rodrigues.
Profissão: Militar
Em 1973, assumiu a Presidência o Bispo Orestes Rodrigues, havendo bom progresso em números de membros e de templos, continuidade do Programa Radiofônico, criação do Jornal “A Voz da Igreja”, implantação de Instrumentos Musicais, e abertura para Cursos Teológicos em outras denominações, foi eleito, e depois reeleito duas vezes, presidindo a Igreja por doze anos.


Bispo Eugênio Rocha

11ªGestão

Esposa: Joana Simões Rocha
Filhos: Adna Rocha, Elizabete Rocha, Elias Rocha, Sônia Rocha, Débora Rocha, João Rocha.
Profissão: Alfaiate
No ano de 1985, foi eleito o Bispo Eugênio Rocha, havendo vários progressos, como: Instituição do Seminário Teológico por correspondência, implantação do sistema de contribuições também através dos dízimos, Organização das Pastas Ministeriais da Diretoria Geral, Liberação Total dos Instrumentos Musicais, e criação das Diretorias Regionais. Neste período foi definido tempo integral para o Presidente, autonomia nos usos e costumes, e na liturgia dos Cultos. O Bispo Eugênio Rocha também presidiu a Igreja por doze anos.


Bispo Paulo Gabriel

12ªGestão

Esposa: Dinalva Fernandes Gabriel
Filhos: Rosimeire, Rosângela, Paulo, Newton, e Fábio;
Profissão:
Advogado
Eleito em 1997, da mesma maneira colhemos os benefícios que se seguem: Edição da Revista própria da Igreja para as Escolas Bíblicas, Curso para Aperfeiçoamento de Pastores, Desenvolvimento do Curso Básico de Teologia, instituição do Curso Médio, Instituição do Cargo de Bispo, e Consagração de Mulheres como Oficiais da Igreja. A gestão do Bispo Paulo Gabriel foi de oito anos.


José Cândido de Oliveira

13ªGestão

Esposa: Neuza Cozer de Oliveira;
Filhos: Renan, Lucas, e Jessé.
Profissão: Vendedor

Eleito em 2005, elaborou o Código de Ética Pastoral, o Manual de Grupos Familiares, e o Manual de Maturidade Espiritual; Consolidou o Curso Médio em Teologia com o material próprio da Igreja. Sua gestão foi também de oito anos.


José cordeiro de Souza

14ª Gestão (Atual)

Esposa: Cleunice dos Santos Cordeiro;
Filhos: Gilliard Santos Cordeiro e Giselly Ssantos Cordeiro.
Profissão:
Engenheiro

Eleito em 2013, está praticando o seu plano de trabalho apresentado aos Oficiais para a eleição: Visitas a todas as Igrejas, visitas a todos os Pastores Titulares, a todos os Oficiais, Simplificação dos Manuais de Grupos Familiares e de Maturidade Espiritual para facilitar a prática, e retornar a confecção das revistas para as Escolas Bíblicas com as matérias do Curso Médio em Teologia simplificando-os para Básico.